Concurso Adasa DF: TCDF autoriza retomada do certame

Índice do conteúdo

O Tribunal de Contas do Distrito Federal divulgou no Diário Oficial do DF nesta segunda-feira, 20 de julho, a decisão, por voto unânime, que autoriza o retorno e continuidade do concurso ADASA – Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal.

 

A decisão ocorreu após posicionamento da Autarquia sobre sua situação financeira e das alegações de irregularidades à respeito da contratação do IADES, que foi peticionada pelo Instituto Quadrix e representada pelo TCDF.

O órgão cumpriu com as diligências julgadas pelo Tribunal por meio de duas retificações no edital. Além disso, justificou a dispensa de licitação da contratação da banca organizadora.

Logo após, as inscrições e a data de realização das provas foram adiadas e suspensas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O novo cronograma ainda será divulgado.

Confira o processo na íntegra:

A seleção irá ofertar ao todo 75 vagas, incluindo  formação de cadastro de reserva para os cargos de Regulador e Técnico de Regulação de Serviços Públicos. A remuneração é de até R$ 10 mil.

Principais informações sobre o concurso Adasa 2020:

  • Situação: Retomada do cronograma
  • Cargos: Regulador de Serviços Públicos e Técnico de Serviços Públicos
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Vagas: 75 (25 imediatas + 50 CR)
  • Remuneração: entre R$ 4.300,00 e R$ 10.000,00.
  • Banca: IADES
  • Inscrições: Suspensas
  • Taxa de Inscrição: R$ 65,00
  • Provas: A definir

Vagas

A seleção irá oferecer 75 vagas, sendo 25 imediatas e 50 para cadastro de reserva. Os cargos oferecidos são de nível médio e superior para os cargos de Regulador de Serviços Públicos, diversas especialidades, e Técnico de Serviços Públicos.

Regulador de Serviços Públicos

Para concorrer ao cargo de Regulador de Serviços Públicos, é necessário ter ensino superior completo. A remuneração chega a R$ 10 mil.

As especialidades oferecidas são Engenharia Civil, Engenharia Ambiental e Sanitária, Geologia, Economia, Contabilidade e Gestão e Regulação, sendo esta última destinada a candidatos com diploma em qualquer área de formação.

As atribuições de um Regulador de Serviços Públicos são:

  • formular, planejar, coordenar, supervisionar, controlar, avaliar, executar, fiscalizar e exercer o controle sobre as atividades de competência da Adasa;
  • participar de programas de treinamento;
  • assessorar atividades específicas de regulação, fiscalização e administração.

Técnico de Serviços Públicos

O cargo de Técnico da Adasa exige nível médio completo e conta com remuneração de R$ 4.300,00. As atribuições do cargo são:

  • executar atividades de suporte técnico na área de regulação de recursos hídricos e de serviços públicos regulados pela Adasa;
  • participar de ações fiscalizadoras;
  • executar atividades de suporte administrativo, tais como pesquisa e planejamento, gestão de pessoas, orçamento, finanças, patrimônio, material, logística e infraestrutura, microfilmagem, arquivo, documentação, comunicação e modernização;
  • participar de programas de treinamento;
  • e executar outras atividades de mesma natureza e nível de complexidade determinadas em legislação específica, observadas as peculiaridades da especialidade do cargo.

 

Etapas do Concurso

Os candidatos ao cargo de Técnico serão avaliados por meio de uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, composta de 60 questões de múltipla escolha de Conhecimentos gerais e Conhecimentos específicos.

As disciplinas cobradas são as seguintes:

  • Português (8)
  • Noções de Direito Constitucional (4)
  • Noções de Direito Administrativo (4)
  • Noções de Informática (4)
  • Conhecimentos sobre o Distrito Federal e sobre o RIDE (4)
  • Legislação Aplicada aos Servidores da Adasa (6)
  • Conhecimentos Específicos (30)

Já os cargos de Regulador contarão com quatro fases, sendo:

  • Prova objetiva
  • Prova discursiva
  • Avaliação de títulos
  • Curso de formação profissional

Todas as fases são de caráter eliminatório e classificatório, exceto a prova de títulos, que tem caráter somente classificatório.

A prova objetiva do cargo de Regulador será composta de 60 questões de múltipla escolha distribuídas nas seguintes disciplinas:

  • Português (7)
  • Administração Pública (4)
  • Direito Constitucional (4)
  • Direito Administrativo (4)
  • Inglês (4)
  • Conhecimentos sobre o Distrito Federal e sobre o RIDE (2)
  • Legislação Aplicada aos Servidores da Adasa (5)
  • Conhecimentos Específicos (30)

prova discursiva será aplicada no mesmo dia da prova objetiva e contará com duas questões, que consistirão na elaboração de textos dissertativos e/ou descritivos, com no mínimo de 20 linhas e máximo de 30 linhas.

avaliação de títulos é de caráter exclusivamente classificatório, com pontuações definidas da seguinte forma:

A última etapa será a realização de um curso de formação profissional, com carga horária de 160 horas/aula. A convocação será feita por meio de edital a ser publicado no Diário Oficial do DF, e o período de matrícula será o mesmo da entrega dos títulos.

 

Fonte: qconcursos em 28/07

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

Destaques

Você também pode gostar

Scroll Up