Concurso Ministério da Economia: formada comissão para novo edital

Índice do conteúdo

Novo concurso Ministério da Economia contará com 39 oportunidades temporárias para profissionais nas áreas de direito e arquivologia, em três estados

O novo concurso Ministério da Economia, pasta sob a tutela do ministro Paulo Guedes, já conta com comissão formada. O grupo foi constituído nesta terça-feira, por meio de portaria publicada no diário oficial da União pelo secretário executivo da pasta, Marcelo Pacheco de Guaranys. A seleção, autorizada em 12 de agosto, será destinada a preencher 39 vagas, em caráter temporário. As oportunidades serão para cargos com exigência de nível superior, mas as remunerações ainda serão confirmadas.  Com isto, o próximo passo é definir o nome da banca organizadora. Somente então poderá ser confirmada a data de publicação do edital de abertura de inscrições.

De acordo com o documento, do total de postos, 37 serão para a carreira de atividades técnicas de complexidade intelectual na área de direito e 2 para atividades técnicas de complexidade intelectual na área de arquivologia.

Segundo a autorização, a pasta conta com um prazo de seis meses para a publicação do edital de abertura de inscrições, contando da autorização, ou seja, até 12 de fevereiro. Porém, a tendência é de que o documento seja liberado bem antes deste prazo, tendo em vista a necessidade de pessoal e o fato de que as contratações em caráter temporário costumam ser realizadas de forma mais simplificadas, em relação aos concursos para efetivos.

A portaria ressalta que os profissionais serão contratados para desenvolver atividades técnicas especializadas no âmbito da Comissão Especial de Extintos Territórios Federais de Rondônia, Amapá e Roraima – CEEXT do Ministério da Economia.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

Destaques

Você também pode gostar

Scroll Up