Concurso PC MS 2021 tem comissão formada; Edital terá 250 vagas para vários cargos!

Índice do conteúdo

Polícia Civil do Estado do Mato Grosso do Sul vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso PC MS 2021). Foi divulgado no Diário Oficial do Estado, edição do dia 05 de abril, a comissão organizadora do certame.

O grupo de trabalho formado terá missão de realizar o acompanhamento de todos os trâmites referentes à seleção. A comissão será composta por Roberto Gurgel de Oliveira Silva (presidente), Viviane dos Santos Lima, Paulo Victor dos Santos Oliveira, Paulo Sérgio de Souza Lauretto e José de Anchieta Souza Silva.

Além disso, segundo o texto, também foram nomeados servidores para uma comissão permanente de avaliação específica para cada um dos cargos que serão ofertados no concurso.

O certame foi autorizado, conforme informação publicada no Diário Oficial do Estado do dia 03 de março.

Serão oferecidas, ao todo, 250 vagas para o concurso PC-MS 2021. As vagas serão distribuídas entre os cargos de Perito Papiloscopista (38), Agente de Polícia Científica (100), Perito Oficial Forense e Perito Criminal (67) e Perito Médico-Legista (45).

O concurso da PC-MS será realizado por meio da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização, conjuntamente com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública.

O grupo de trabalho (comissão organizadora) terá missão de elaborar o projeto básico do concurso PC-MS 2021, documento em que consta diversas informações básicas sobre a seleção para que as bancas interessadas possam avaliar e encaminhar suas propostas.

Agora, o próximo passo deverá ser a contratação de uma banca organizadora para o concurso. Somente após isso poderá ser feita a publicação do edital do concurso.

O concurso PC MS 2021

Todos os cargos exigem nível superior. No caso do médico-legista, ainda, o candidato deve ser graduado, especificamente, em Medicina.

Caso siga os mesmos requisitos do último edital, os interessados também deverão ter idade mínima de 21 anos e máxima de 45 e CNH a partir da categoria B.

Os salários ainda não foram informados.

Concurso chegou a ser autorizado em 2018

O concurso PC MS já havia sido autorizado em 2018. No entanto, o edital não foi divulgado por conta da contenção de despesas, já que o estado estava acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Foi divulgado no Diário Oficial do Estado o decreto que autorizou a realização do certame para os cargos de Perito Criminal, Perito Médico Legista, Perito Papiloscopista e de Agente de Polícia Científica do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública.

Na época, o Governador do Estado, Reinaldo Azambuja, também havia anunciado o concurso após sancionar projeto de lei que alterou a promoção funcional das carreiras da corporação. Veja o que ele disse:

“Autorizamos o concurso para suprirmos as demandas de todo o Estado, da Capital e do interior”, disse o chefe do executivo estadual ao assinar o documento. Segundo o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, os aprovados neste concurso vão suprir, principalmente, demandas do interior do Estado. “O concurso vai contemplar importantes cidades do interior e atender um anseio de toda a Polícia Civil”. Hoje é uma data a ser comemorada e agradecida. É o Governo apoiando a instituição”.

As vagas seriam distribuídas entre os seguintes cargos:

  • Perito Criminal: 40 vagas
  • Perito Médico Legista: 40 vagas
  • Perito Papiloscopista: 40 vagas
  • Agente de Polícia Científica: 50 vagas

Último Concurso PC MS

Em 2017 foi publicado o concurso da corporação com 30 vagas para o cargo de Delegado de Polícia e 180 vagas para o cargo de Agente de Polícia Judiciária, sendo 100 (cem) vagas para a função de Escrivão de Polícia Judiciária e 80 (oitenta) vagas para a função de Investigador de Polícia Judiciária. Na ocasião, a Fundação de Apoio à Pesquisa ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul (Fapems) coordenou o certame.

O último concurso da PC/MS para os cargos autorizados aconteceu em 2013, quando contou com oportunidades para as funções de Perito Criminal, Agente de Polícia Judiciária e Papiloscopista. O concurso contou com sete etapas:

  • Primeira Etapa: Prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Segunda Etapa: Prova de títulos, de caráter classificatório;
  • Terceira Etapa: Avaliação Psicológica – Exame Psicotécnico, de caráter eliminatório;
  • Quarta Etapa: Avaliação Médico-Odontológica, de caráter eliminatório;
  • Quinta Etapa: Prova de aptidão física, de caráter eliminatório;
  • Sexta Etapa: Investigação Social, de caráter eliminatório;
  • Sétima Etapa: Curso de Formação Policial, de caráter eliminatório e classificatório.

Na ocasião, o certame exigiu os seguintes requisitos: ter nacionalidade brasileira; ter idade mínima de 21 (vinte e um) anos completos e, no máximo, 45 (quarenta e cinco) anos completos na data de encerramento das inscrições; comprovar a escolaridade correspondente à habilitação exigida para o exercício do cargo ou função na área de conhecimento estabelecido no edital; estar em pleno gozo dos direitos políticos; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; ter boa conduta na vida pública e privada, não ter registro de antecedentes criminais ou condenações criminais definitivas; possuir boa saúde e aptidão física e mental, avaliada por inspeção médica oficial; possuir habilitação para conduzir veículos, comprovada pela Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria “B” (valendo, para tanto, a provisória); possuir qualificação e aptidão específica para o desempenho das atribuições, conforme estabelecido na Lei Complementar n. 114, de 19 de dezembro de 2005.

Fonte: Notícias Concursos em 06/04/2021

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

Conteúdo Recente

Mapa do Site

Destaques

Você também pode gostar

Scroll Up