Concurso PRF: Cebraspe não adia e provas seguem confirmadas; O que mudou de março até hoje?

Índice do conteúdo

Com a situação da pandemia no país, a aplicação das provas pode não acontecer, assim como aconteceu no primeiro trimestre deste ano.

A expectativa de aplicação das provas do concurso público da Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF 2021) no dia 09 de maio, daqui a dez dias aproximadamente, só aumenta. Porém, com a situação da pandemia no país, a aplicação das provas pode não acontecer, assim como aconteceu no primeiro trimestre deste ano. Afinal de contas, o exame será mesmo aplicado na data marcada pela PRF?

O edital de concurso da PRF foi lançado em janeiro, com previsão de provas para o dia 28 de março. No entanto, as provas foram suspensas no dia 12 de março por conta da pandemia do novo coronavírus. Nesse dia, conforme o levantamento do consórcio de imprensa, o país registrou pouco mais de 2 mil mortes por covid-19 em um intervalo de 24 horas. O que mudou de março até hoje?

A corporação esperava que a situação do país já estivesse melhor para que as provas pudessem ser aplicadas. No entanto, não foi isso que aconteceu. O cenário só piorou. Em abril, a média passou da casa de 3 mil mortes. Em comunicado de adiamento, ainda em março, a corporação surpreendeu e comunicou o adiamento das provas já com uma nova data para os exames. A prova passou de 28 de março para 09 de maio de 2021.

A situação da pandemia não melhorou. Pelo contrário, só piorou. A média de mortes subiu consideravelmente e chegou a alcançar 4 mil mortes em um único dia. Ou seja, provas adiadas novamente, correto? Pelo menos não até agora.

O que diz a banca e os candidatos

Como justificativa para o não adiamento das provas, o Cebraspe, banca organizadora do certame, disse que é possível a aplicação das provas, uma vez que já acontece um relaxamento das medidas restritivas pelo país, como, por exemplo, a abertura de bares e restaurantes, entre outras atividades de comércio.

Ou seja, a banca garante a realização das provas e diz que a participação do candidato nas provas é facultativa. Vai quem quer, vai quem pode. Esse parece ser o recado da empresa. Os candidatos se sentiram menosprezados com a declaração.

“Lógica da Cebraspe: A prova tá aí, vai quem quer. Ridículo”, diz uma candidata em um vídeo no Youtube do canal do Fernando Mesquita no Youtube.

“Cespe e PRF estão de brincadeira. Meu noivo tem 29 anos, malha, corre … Pegou covid duas vezes e na segunda precisou ser hospitalizado e ficar 5 dias na UTI. Graças a Deus ele se recuperou, mas foram dias difíceis. Essa doença não é brincadeira, fui vacinada e mesmo assim ainda não me sinto segura. #ADIAPRF sim”.

“Isso vai dar muito problema. Havendo a prova, ações judiciais irão aparecer para anularem a prova. Candidatos contaminados indo fazer a prova, pois ao contrário do que a CESPE fala, para muitos fazer uma prova desse nível não é facultativa, e sim mudança de vida. Banca foi muito infeliz”, diz um outro candidato.

O cenário não se mostra favorável para aplicar as provas e comparar o relaxamento das atividades privadas ao setor público não parece ser uma atitude assertiva. Uma intervenção judicial deve acontecer caso as provas sejam confirmadas para 09 de maio.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) sempre se mostrou favorável a aplicação das provas o mais rápido possível para recomposição de seu efetivo: Encurtou o prazo entre a publicação do edital e aplicação de provas, adiou e remarcou imediatamente a aplicação das provas e divulga constantemente nas redes sociais que os candidatos devem manter em dias os estudos porque a prova logo acontecerá.

Mas fica a pergunta: É seguro aplicar as provas do concurso em meio à pandemia? O que mudou do primeiro adiamento até hoje?

De toda forma, os candidatos inscritos no concurso devem manter os estudos em dia e se programar para os exames em maio, até que se tenha um comunicado alegando o contrário.

Conversa com governadores

A corporação, por meio de seus superintendentes, está consultando os governadores de todo o país para verificar a viabilidade de realização das provas. A conversa é necessária por conta da pandemia da Covid-19, que pode impedir a aplicação das avaliações.

Na última terça-feira, 27 de abril, por exemplo, o superintendente da PRF no Amapá, Aldo Balieiro, se reuniu com o governador do estado, Waldez Goes, para tratar sobre o concurso.

“Recebi hoje o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Aldo Balieiro, para falarmos sobre a realização do concurso público da instituição, que está previsto para o dia 9 de maio. Nossa intenção é estarmos alinhados sobre os procedimentos de segurança sanitária que vão garantir a saúde dos amapaenses ao realizar as provas e também assegurar essa oportunidade de concorrer às vagas do concurso”, disse o governador em uma de suas publicações no Instagram.

A mesma medida deve acontecer nos demais estados do país. A PRF pretende aplicar as provas no domingo, dia 9 de maio, porém, para isso, depende das regras estabelecidas em cada estado.

Caso alguma região não tenha condições de aplicação das avaliações na data prevista, a PRF e o Cebraspe terão que optar por um novo adiamento das provas do concurso.

CRONOGRAMA DO CONCURSO PRF 2021

  • Divulgação do edital de locais e horário das provas objetivas/discursivas e data prevista para o link de consulta aos locais – 30/4/2021
  • Realização das provas objetiva e discursiva – 9/5/2021
  • Divulgação do gabarito oficial preliminar da prova objetiva e do padrão preliminar de respostas da prova discursiva – 11/5/2021
  • Período para a interposição de recursos contra o gabarito oficial preliminar da prova objetiva e a favor do gabarito e contra o padrão de respostas da prova discursiva 12 e 13/5/2021 
  • Divulgação do edital de resultado final na prova objetiva e de resultado provisório na prova discursiva e do padrão definitivo de respostas da prova discursiva – 28/5/2021
  • Período para a interposição de recursos contra o resultado provisório na prova discursiva – 31/5 e 1º/6/2021
  • Divulgação do edital de resultado final na prova discursiva e de convocação para o exame de aptidão física, para o preenchimento da FIP, para o envio de documentos para matrícula no curso de formação e para a avaliação psicológica – 14/6/2021
  • Período para o envio de documentos necessários à matrícula no Curso de Formação Policial (CFP) – 15 a 21/6/2021
  • Período para o preenchimento da FIP – 15 a 21/6/2021
  • Realização do exame de aptidão física – 19 e 20/6/2021
  • Realização da avaliação psicológica – 27/6/2021
  • Divulgação do edital de resultado provisório no exame de aptidão física, no preenchimento da FIP, na análise dos documentos necessários à matrícula no CFP e na avaliação psicológica – 7/7/2021
  • Período para a interposição de recursos contra o resultado provisório no exame de aptidão física, no preenchimento da FIP e na análise dos documentos para matrícula no CFP – 8 e 9/7/2021
  • Divulgação do edital de resultado final no exame de aptidão física, no preenchimento da FIP, na análise dos documentos necessários à matrícula no CFP e na avaliação psicológica e de convocação para a avaliação médica, a avaliação biopsicossocial, a avaliação de títulos e o procedimento de heteroidentificação – 21/7/2021
  • Período para envio da documentação para a avaliação de títulos – 22 e 23/7/2021
  • Período para envio dos exames laboratoriais – 22/7 a 2/8/2021
  • Realização do procedimento de heteroidentificação da condição de candidato negro – 31/7 e 1º/8/2021
  • Realização da avaliação biopsicossocial – 8/8/2021
  • Realização da avaliação médica – 31/7 e 1º/8/2021
  • Divulgação do edital de resultado provisório na avaliação de saúde, na avaliação biopsicossocial e na avaliação de títulos – 11/8/2021
  • Período para a interposição de recursos contra o resultado provisório na avaliação biopsicossocial e na avaliação de títulos – 12 e 13/8/2021
  • Disponibilização do parecer da junta médica (avaliação médica) – 12 a 17/8/2021

PRF registrou mais de 300 mil inscritos

concurso público da Polícia Rodoviária Federal para o preenchimento de 1.500 vagas registrou um total de 303 mil inscritos. A confirmação veio por meio da própria corporação no dia 16 de março. O quantitativo resulta em uma concorrência de 202 candidatos por vaga.

“Saiu a relação de inscritos no concurso da PRF 2021. São 303 mil inscritos para 1500 vagas disponíveis, todos com um único objetivo: #ÉSobreSerPRF. Te aguardamos na UniPRF!”, diz o texto.

As provas do concurso da PRF estavam inicialmente previstas para 28 de março. No entanto, foram suspensas por conta do agravamento da pandemia do novo coronavírus. A nova previsão é de que as provas sejam aplicadas no dia 09 de maio de 2021.

De acordo com o documento publicado, as oportunidades são para candidatos com nível superior em qualquer área. Além disso, será exigida carteira nacional de habilitação (CNH) na categoria B ou superior.

O quantitativo de 1.500 vagas está dividido da seguinte maneira:

  • 1.175 para ampla concorrência;
  • 300 para negros; e
  • 75 para pessoas com deficiência (PcD).

As oportunidades do novo concurso da PRF 2021 são oferecidas nacionalmente. A corporação oferece salários de R$10.357,88, já somada com o auxílio-alimentação de R$458 para jornada de 40 horas semanais. A Polícia Rodoviária Federal contrata sob regime regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia.

CONCURSO PRF 2021

CARGO VAGAS  REMUNERAÇÃO  REQUISITOS
Policial rodoviário federal 1.500 R$10.357,88 Nível superior em qualquer área, de 18 a 65 anos e CNH

concurso da PRF vai contar com provas objetivas e discursivas, a serem aplicadas no dia 09 de maio de 2021. Os exames serão de caráter eliminatório e classificatório. O candidato responderá a 120 questões no estilo Cesbraspe, com afirmações e devendo o candidato assinalar Certo ou Errado, em que uma questão errada anulará uma certa.

Além das provas objetivas e discursivas, bem como o TAF, a seleção vai contar com:

Avaliação de saúde;
Avaliação psicológica;
Avaliação de títulos;
Investigação social;
Curso de formação.

Bloco 1 – 55 itens

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico-Matemático
  • Informática
  • Noções de Física
  • Ética no Serviço Público
  • Geopolítica Brasileira
  • Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol)

Bloco 2 – 30 itens

  • Legislação de Trânsito

Bloco 3 – 35 itens

  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Legislação Especial
  • Direitos Humanos e Cidadania

Veja a pontuação para cada etapa do concurso:

Item Pontuação Máxima
Prova objetiva 120 pontos
Prova discursiva 20 pontos
Prova de títulos 10 pontos
Curso de Formação Policial 50 pontos

 

Fonte: Notícias Concursos em: 29/04/2021

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

Conteúdo Recente

Mapa do Site

Destaques

Você também pode gostar

Scroll Up