Sobre (História)

Sobre (História)

Com a razão social de Instituto Processus de Cultura e Aperfeiçoamento Jurídico Ltda, a mantenedora iniciou suas atividades com cursos preparatórios para concursos jurídicos especialmente para os cargos de Juiz de Direito e Promotor de Justiça.


Em nove de setembro de 1991, seu criador o Professor Jaci Fernandes de Araújo ministrou a primeira aula. O evento teve lugar em uma loja térrea do velho Edifício Brasília Rádio Center, no SRTN, inicio da Asa Norte de Brasília, tendo como ouvintes três alunos matriculados e alguns colegas do professor, convidados para compor a plateia.

Apesar de sua simplicidade, a nova instituição estava criando um conceito de qualidade de ensino, conceito este que a acompanha até hoje.

Na busca incansável pela qualidade do ensino o Instituto Processus não poupou esforços na procura do melhor corpo docente, constituído, entre outros, por Promotores de Justiça, Juízes de Direito, Desembargadores, Procuradores da República e até mesmo Ministros dos Tribunais Superiores que, com sua expertise em educação, ajudaram jovens advogados a trilhar os caminhos do universo jurídico.

Com o passar dos anos, o Instituto Processus de Cultura e Aperfeiçoamento Jurídico viu-se guindado ao papel de centro de referência e excelência em estudos jurídicos na Capital Federal e no país. Significativamente, inúmeras foram as instituições criadas aqui e alhures com denominações latinas como “Processus” e desideratos idênticos.

Assim, desde 1991 o Instituto Processus tem ministrado cursos de formação para as carreiras jurídicas, sendo o primeiro deles o da Magistratura e do Ministério Público. Cento e sessenta e três (163) juízes de Direito e cento e trinta e quatro promotores de justiça (134), todos ex-alunos da instituição, estão hoje no exercício de seu múnus, comprovando, na prática, a excelência e a qualidade do seu ensino.

Os Cursos de Delegado da Polícia Federal e da Polícia Civil tem sido ministrados interruptamente desde 1991, apresentando uma média de aprovação nos concursos públicos de 70%.

Desde 1999 o Instituto Processus ministra o curso preparatório para o exame da OAB apresentando um índice de aprovação de 90%.

Em 2016 o curso de Direito da Faculdade Processus, ao cumprir os critérios estabelecidos por Comissão Especial, foi agraciado com o Selo de Qualidade OAB Recomenda, os principais critérios avaliados para a premiação foi a alta taxa de aprovação dos nossos alunos no Exame de Ordem e a nota máxima recebida pelo MEC no recredenciamento do curso de Direito.

O Selo consiste no reconhecimento das Instituições de Ensino Superior onde são analisados os cursos de Direito em todo o território nacional. Somente 10% dos cursos existentes no Brasil foram contemplados com o selo. Cabe destacar que este curso é frequentado por muitos alunos de outras faculdades de Direito do Distrito Federal, tornando-se um referencial para aqueles que procuram a obtenção do status de advogado.

Por último, a partir de 2001 estão sendo ministrados cursos de Formação de Procuradores Federais, do Banco Central, do GDF e outros. Os alunos que passaram por estes cursos representam 70% daqueles aprovados em concursos da respectiva categoria. Cabe destacar que no ano de 2005 foram aprovados 100% dos alunos no concurso para Procurador do DF.

No concurso de 2001 para Juiz de Direito do Distrito Federal, dos 21 aprovados, 15 foram alunos do Instituto; no de 2002, para o mesmo concurso dos 21 aprovados, treze foram alunos da instituição.

Esses profissionais, que um dia passaram pelos bancos da instituição, estão em exercício no Distrito Federal (em sua grande maioria) e em outras unidades da Federação. Com o passar do tempo, e com a experiência acumulada, as marcas foram melhorando dia a dia, ano após ano.

Mas foi, justamente pela experiência acumulada em todos esses anos de dedicação á formação de profissionais para as carreiras jurídicas, que o Instituto Processus decidiu pela criação de um curso de graduação nesta área. O objetivo foi criar um curso que redimisse o setor das deficiências e problemas de formação observados nos alunos que chegavam às suas salas de Pós-Graduação. E que fosse também, um curso construído a luz de uma grade curricular diferenciada, orientada especificamente para a formação dos operadores do Direito para as carreiras públicas.

Assim, em 2005 foi protocolada, junto ao MEC, a solicitação para o credenciamento da Faculdade Processus de Direito, a qual teve seu efetivo início no dia 13 de março de 2006, segundo a portaria n° 148 de janeiro de 2006. O Curso de Direito funciona no prédio da Asa Sul, nos turnos matutino e noturno, esgotando semestralmente todas as vagas ofertadas. E em Águas Claras nos turnos Matutino e Noturno.

 

Em 2005 a Faculdade Processus iniciou a construção de um prédio no bairro de Águas Claras, setor nobre e em franca expansão da cidade. O objetivo foi consolidar e ampliar o ensino de graduação e pós-graduação. No primeiro semestre de 2009 começaram a funcionar nesse prédio dois cursos tecnólogos, também voltados para a área do Direito. O primeiro deles foi o curso de Secretariado, autorizado pela portaria n° 394 de 28 de agosto de 2008. O curso de Gestão Financeira foi autorizado pela portaria n° 495 de 06 de novembro de 2008.

Também no prédio de Águas Claras, dentro do planejado pelo PDI anterior, foram autorizados o Bacharelado em Administração Pública (Portaria  n° 107, de 22 de junho de 2012),  o Bacharelado em Ciências Contábeis (Portaria n° 197, de 04 de outubro de 2012), o Tecnológico em Gestão Pública (Portaria nº 601, de 29 de outubro de 2014), O Tecnológico em Processos Gerenciais (Portaria nº 97, de 1º de abril de 2016) e o Tecnológico em Gestão de Recursos Humanos (Portaria nº 241, de 30 de março de 2017).  Dentro das metas do PDI 2008-2012, estavam os reconhecimentos dos cursos, o que ocorreu da forma mais satisfatória:

  1. O curso de graduação em Administração Pública foi reconhecido pelo MEC por nota máxima – 05 (cinco).
  2. O curso de Gestão Pública reconhecido também por nota máxima – 05 (cinco).
  3. O curso de graduação em Ciências Contábeis por nota – 04 (quatro).

Por fim, registra-se que na Faculdade Processus, criada e dirigida por um Professor de carreira e não por um empresário comercial, existe uma efetiva valorização do professor, diferentemente do que, de modo geral, ocorre no ensino universitário do Brasil, considerando o magistério a partir de uma visão social do profissional como um sacerdócio devidamente valorizado pelo empregador tanto pela correspectiva remuneração, quanto pelo apoio no exercício de seu ministério.

Processus Qualidade Comprovada

css.php
Loading...