Concursos Educação DF: Governo confirma editais para efetivo e temporário em 2021

Índice do conteúdo

De acordo com o Secretário de Educação do DF, serão abertos editais para contratação de efetivos e temporários

Um novo concurso público para Secretaria de Educação do Distrito Federal (Concurso SEDF) será divulgado em breve para o cargo de Professor. A confirmação veio por meio do secretário da pasta, Leandro Cruz.

De acordo com o chefe do setor, serão abertos editais para contratação de efetivos e temporários. Além disso, durante live realizada, ele explicou  sobre o processo de convocação de aprovados no processo seletivo em validade.

No que se refere ao concurso público para efetivos, a previsão é que o edital seja aberto no fim de 2021. No entanto, até lá, o governo do DF precisará assegurar a reposição de docentes temporários para suprir carências de afastamento legal de profissionais.

Os contratos dos professores temporários, aprovados na seleção de 2018, já foram prorrogados. Com isso, o governo terá que abrir um novo processo. Segundo o subsecretário de Gestão de Pessoas (Sugep), Idalmo Santos, um processo seletivo visando contratatação temporária em janeiro de 2021.

“Não é possível prorrogar os atuais contratos. Por isso, vamos realizar o processo no mês de janeiro de 2021, com toda segurança. Nenhum estudante vai ficar sem professores no ano letivo de 2021”, disse o subsecretário, que também participou da transmissão ao vivo.

O edital a ser aberto para temporários vai formar um banco de aprovados. Eles serão convocados, conforme a necessidade do governo local, para substituições temporárias, que podem ser de apenas um turno de aula, como para períodos mais longos, entre eles, licença-maternidade e afastamento para estudos.

Concurso Educação-DF para Temporários

Secretaria de Educação do Distrito Federal vai abrir um novo edital em breve. A pasta divulgou o projeto básico do certame, documento que detalha diversas informações importantes do concurso, como, por exemplo, a estrutura de provas, salários, jornadas de trabalho, entre outros.

concurso SEDF servirá para formar um banco de reservas para professores substitutos em diferentes disciplinas. As vagas serão preenchidas mediante necessidade, conforme demanda do ano letivo de 2021.

O concurso SEDF vai ser para preenchimento temporário com objetivo de preencher vagas que estão vagas decorrentes de afastamento legal de Professor de Educação Básica efetivo ou de carências por tempo determinado.

Os salários vão chegar a:

  • Professor – 20 horas: R$2.508,26
  • Professor – 40 horas: R$5.016,53

Os profissionais aprovados vão contar com pagamento de férias e 13º salário proporcionais ao período trabalhado.

As vagas devem ser abertas para Administração; Arte; Atividades Gerais; Biologia; Biomedicina; Ciências Naturais; Contabilidade; Direito; Educação Física; Eletrônica; Eletrotécnica; Enfermagem; Farmácia; Filosofia; Física; Fisioterapia; Informática; Línguas (espanhol, francês, inglês, japonês, libras, português); Matemática; Música (diversas especialidades); Nutrição; Odontologia; Psicologia; Química; Sociologia; Telecomunicações.

As vagas serão distribuídas entre as regionais de Brazlândia; Ceilândia; Gama; Guará; Núcleo Bandeirante; Paranoá; Planaltina; Plano Piloto / Cruzeiro; Recanto das Emas; Samambaia; Santa Maria; São Sebastião; Sobradinho; Taguatinga.

De acordo com o projeto básico, o concurso SEDF vai contar com prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 100 questões, distribuídas nos blocos de Conhecimentos Gerais (60) e Conhecimentos Específicos (40).

As provas vão ser aplicadas no Distrito Federal, em data e turno a serem definidos pela banca contratada. Os profissionais deverão contar com documentação pessoal, documento comprobatório de formação acadêmica e de cursos de atuação em áreas específicas.

Último edital de concurso SEDF foi em 2018

O último edital da Secretaria de Educação do Distrito Federal foi divulgado em 2018. Na ocasião, o certame abriu vagas em cadastro reserva para diversas áreas. Os profissionais foram contratados para os anos de 2019 e 2020.

As vagas foram abertas para professores nas áreas de Administração, Arte, Atividades, Biologia, Biomedicina, Ciências Naturais, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Geografia, História, Informática e Espanhol, entre outras.

O concurso de Professor Temporário da Secretaria de Educação/DF contou com as seguintes fases:

  • a) prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; e
  • b) perícia médica, de caráter eliminatório, para o candidato que se declarar com deficiência.

As fases do Processo Seletivo Simplificado serão realizadas no Distrito Federal.

Prova objetiva

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de 100 (cem) itens, valerá 100,00 (cem) pontos e avaliará as habilidades e os conhecimentos do candidato.

A avaliação contou com questões de Conhecimentos Básicos (30), Conhecimentos Complementares (30) e Conhecimentos Específicos (40).

Cada área de conhecimento será constituída de itens para julgamento, agrupados por comandos que deverão ser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO, de acordo com o(s) comando(s) a que se refere o item. Haverá, no cartão-resposta, para cada item, dois campos de marcação: o campo designado com a letra C, que deverá ser preenchido pelo candidato caso julgue o item CERTO, e o campo designado com a letra E, que deverá ser preenchido pelo candidato caso julgue o item ERRADO.

Sobre o órgão

A Secretaria tem missão de proporcionar uma educação pública, gratuita e democrática, voltada à formação integral do ser humano para que possa atuar como agente de construção científica, cultural e política da sociedade, assegurando a universalização do acesso à escola e da permanência com êxito no decorrer do percurso escolar de todos os estudantes.

Fonte: Noticias Concursos em 06/10/2020

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

Destaques

Você também pode gostar

Scroll Up